Cotriguaçu(MT): Marido é preso suspeito de matar mulher por dívidas de drogas a mando de facção.

Cotriguaçu(MT): Marido é preso suspeito de matar mulher por dívidas de drogas a mando de facção.

De acordo com a Polícia Militar, o homem confessou que teria sido ameaçado de morte pela facção caso não cometesse o crime.

Um homem, de 37 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira (18, suspeito de matar a mulher dele Marilsa Aparecida Neubs, de 48 anos, por dívidas de drogas a mando de uma facção criminosa em Cotriguaçu, a 920 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, ele confessou que teria sido ameaçado de morte pela organização caso ele não cometesse o crime.

A polícia foi acionada após receber informações sobre uma mulher que teria sido esfaqueada próximo a uma ponte, em uma avenida do município. Ao chegar no local, a polícia encontrou a vítima caída no solo e o suspeito abraçado ao seu corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatando a morte da vítima, decorrente de perfurações de faca. A faca utilizada no crime também foi encontrada.

De acordo com a polícia, o suspeito foi questionado e, primeiramente, afirmou que Marilsa teria sido atacada por uma mulher e estava correndo para pedir ajuda, quando não resistiu aos ferimentos. Posteriormente, o homem começou a se contradizer em suas versões e também afirmou que a mulher teria sido morta por conta de dívidas de drogas.

Por fim, o homem confessou ter realizado o feminicídio e que o crime teria sido ordenado por uma organização criminosa. O suspeito disse aos policiais que teria sido ameaçado de morte pela organização caso ele não cometesse o crime contra a companheira, em decorrência de dívidas de drogas que o casal tinha com a facção.

O homem foi preso e encaminhado para a delegacia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido