100 dias de governo Lula: principais medidas, polêmicas e viagens

100 dias de governo Lula: principais medidas, polêmicas e viagens

Presidente se envolveu em atritos com o BC pela taxa de juros e com o senador Sergio Moro. Primeiros meses do mandato serviram para reativar programas sociais, como o Bolsa Família.

O terceiro mandato presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) completa 100 dias nesta segunda-feira (10).

Logo no início do período, o presidente teve que lidar com os ataques golpistas que vandalizaram as sedes dos três poderes em Brasília. Depois, com a situação normalizada, pôde avançar em promessas de campanha – principalmente na área social, como a volta do Bolsa Família.

O período, no entanto, também foi marcado por declarações de Lula que causaram polêmica e agitação na política e no mercado. Por exemplo, as críticas ao Banco Central e à taxa de juros.

Os primeiros 100 dias confirmaram, também, tendências que já haviam sido antecipadas por especialistas: a nova posição do Brasil no cenário internacional e uma agenda intensa de viagens oficiais.

Veja abaixo os principais momentos do início do terceiro mandato do petista no Planalto (clique para ir à seção):

Deixe uma resposta

error: Conteúdo Protegido