qua. maio 18th, 2022

EXCLUSIVO – PREFEITA DE GUAJARÁ-MIRIM É VITIMA DE VIOLÊNCIA DOMESTICA! ANTONIO BENTO, MARIDO DA PREFEITA, NEGA AGRESSÃO

Ao analisar-se o histórico de violência foi constado pela autoridade policial que o agressor, praticou agressões físicas contra a vítima do tipo empurrões, e que RAISSA PAES, inclusive, já registrou ocorrência policial ou formulou pedido de medida protetiva de urgência envolvendo ANTONIO BENTO DO NASCIMENTO

No inicio da madrugada deste sábado, uma guarnição da Policia Militar compareceram ao 1º DP com uma ocorrência policial do tipo LESÃO CORPORAL, e que a equipe compareceu ao endereço da Prefeita, a pedido de sua genitora, que informou que sua filha estava sendo espancada pelo marido no interior da residência.

A guarnição entrou em contato com a prefeita RAISSA, que relatou aos policiais que estava em sua casa com familiares e amigos, ingerindo bebida alcoólica desde as 18 hs, juntamente como seu esposo Antônio Bento do Nascimento e que por volta das 23 horas começou uma discussão com seu esposo onde se desentenderam e ele a empurrou.

Os policiais que atenderam a ocorrência relataram ainda, que ao entrarem no local, encontraram uma TV de LED quebrada e vários objetos jogados ao chão, dando a entender que ouve uma briga no local.

A secretária de Ação Social de Guajará, ZILMAR DE LIMA TEIXEIRA, comadre, “amiga e confidente” de RAISSA, que acompanhava o casal na bebedeira desde as 18 hs., contradisse a própria amiga ao relatar que “não houve agressão, apenas uma discussão entre o casal e que a lesão na perna de Raissa foi porque ela se desequilibrou e caiu no chão molhado”.

Já Antônio bento, segundo a guarnição,  não quis relatar nada sobre o fato, apenas disse que sua esposa estava ingerindo bebida alcoólica e se exaltou vindo a investir contra ele. Antônio disse também que vai representar os policiais militares por adentrarem na sua residência sem autorização.

A vítima, no momento do registro policial, disse que não queria ir para delegacia fazer a ocorrência e tão pouco exame de corpo de delito, e que iria se resolver com seu marido, não sendo necessário ir para delegacia.

Nossa fonte nos informou ainda que Antônio Bento disse para a guarnição que não iria para delegacia porque não agrediu sua esposa, e depois foi para o quarto dizendo que não tinha chamado a policia.

Nossa fonte relatou ainda que não é o primeiro evento dessa natureza envolvendo o casal BENTO/RAISSA e que a vítima, inclusive, já registrou ocorrência policial ou formulou pedido de medida protetiva de urgência envolvendo seu marido.

Em relatos da própria vítima  ela diz que o(s) filho(s) já presenciaram atos de violência praticados pelo agressor contra si, e que ela é independente financeiramente, e que nem por isso iria registrar ocorrência contra ele porque não considera que reside em local de risco de violência.

Como trata-se de uma violência doméstica, tipificada na LEI MARIA DA PENHA e foi denunciado por um terceiro, neste caso, a mãe da vitima, a ocorrência foi registrada assim mesmo e enviada para a autoridade policial de plantão para as devidas providências. 

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias