qua. maio 18th, 2022

“Caso Caio” – Suspeito de matar menor queimado morre de acidente de moto em Roraima; Mãe do Caio luta por justiça.

Mãe do jovem Caio mora fora do País, e sofre com a impunidade.

VEJAM BEM, na madrugada do domingo do dia 13 de janeiro de 2019, em Colniza, Município localizado a aproximadamente 1065 km da capital Cuiabá, por volta das duas horas da manhã, um homem de alcunha Popeye (conhecido na região pela prática de furtos e consumo de entorpecentes) teria invadido a residência da vítima.

Esse suspeito teria sido supostamente contratado por um casal de empresários do ramo de beleza, para se vingar supostamente da Mãe da vítima e ontem dia 20 de dezembro recebemos denúncia anônima de que o suspeito que teria sido contratado se envolveu em um acidente de motocicleta e veio a óbito no estado de Roraima.

Diemerson da Silva Jardim, de 30 anos, morreu em um acidente de moto na manhã desta segunda-feira (20) no município de Rorainópolis, região Sul de Roraima.

Dimerson conduzia uma moto quando perdeu o controle e caiu, informou a Polícia Militar.

Ele morreu ainda no local do acidente. O óbito foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O acidente foi por volta das 04h30 na Vicinal 04, KM 7 de Rorainópolis. Uma equipe do Corpo de Bombeiros retirou o corpo para a lateral da via, para liberar o trânsito de veículos.

O Instituto Médico Legal foi acionado para o corpo da vítima. O caso foi registrado na Delegacia de Rorainópolis.

Aqui você entra na matéria feita pelo G1 RR – https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2021/12/20/homem-morre-em-acidente-de-moto-em-rorainopolis.ghtml

Caso Caio:


A casa do menino Caio Vinícius Anadão Barboza, 16 anos de idade, que ficava próximo ao miniestádio, o suspeito, acompanhado e de outra pessoa, teria espalhado gasolina na cozinha, e, também jogado o combustível no corpo da vítima e em seguida ateado fogo.

Este caso causou revolta e indignação, pois Caio ficou com 90% do seu corpo queimado e foi transferido em estado grave para capital do estado, vindo a falecer no dia seguinte.

Na época a equipe do site Pantanal OnLine entrou em contado com a assessoria da policia judiciária civil e pedimos informações sobre as investigações do caso.

Vejam bem, a Assessoria nos tinha informado que Polícia Judiciária Civil de Colniza seguia com as investigações do caso que vitimou o adolescente, Caio Vinícius Anadão Barboza e que as diligências estavam em andamento e até o momento não havia autoria identificada ou prisão de suspeito.

O delegado, da época dos fatos, Alexandre da Silva Nazareth, ouviu mais de 10 testemunhas for, entre elas a mãe da vítima. A Polícia também aguardava laudo conclusivo de um vídeo com imagens do local, que possam auxiliar na identificação dos autores.

Justiça:

A Mãe do Jovem Caio luta até hoje por Justiça, ninguém foi preso até hoje e o caso está em segredo de justiça. Crime aconteceu em 2019 e todos estão em liberdade.

Outro lado:

Procuramos os familiares do suspeito bem como sua defesa, mas não localizamos.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias