ter. out 26th, 2021

Executores de ex prefeito de Colniza são julgados e condenados a mais de 25 anos de prisão

No mesmo dia do crime uma equipe do Garra de Juína se deslocou para Colniza e durante abordagem nos veículos identificaram os executores e o veículo utilizado no crime.

Na quarta feira dia 6 de outubro de 2021 teve início o juri popular dos dois acusados de serem os executores de dois executores da morte do ex prefeito de Colniza Esvandir Antônio Mendes de 61 anos que foi assassinado a tiros dentro de um carro no dia 15 de dezembro de 2017.

Na época o prefeito estava acompanhado do secretário de finanças e foi abordado no momento em que chegava da zona rural, foram perseguidos pelos suspeitos que estavam em uma SUV, foram alvejados e Esvandir não resistiu e morreu no local do crime.

No mesmo dia do crime uma equipe do Garra de Juína se deslocou para Colniza e durante abordagem nos veículos identificaram os executores e o veículo utilizado no crime.

Ambos foram presos e encaminhados para o CDP de Juína. Com o desenrolar das investigações, a polícia chegou aos supostos mandantes, Antônio Pereira Rodrigues Neto e Yana Fois Coelho Alvarenga uma médica que inclusive atuava no município também foram presos.

Os dois acusados de serem os executores foram julgados e após mais de 20 horas de julgamento foram sentenciados.

Welison Brito Silva foi condenado a 28 anos e 08 meses e Zenilton Xavier de Almeida a 25 anos e 09 meses de prisão.

O julgamento do casal acusado de ser mandante do crime acontecerá no mês de novembro desse ano.

Antônio Pereira Rodrigues Neto já cumpre pena por tráfico internacional de drogas.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias