seg. nov 29th, 2021

Polícia Civil prende homem que matou o cunhado a tiros e facadas em Colniza

A polícia civil de Colniza, MT, com apoio de policiais civis de Juína, Juara, Tangará da Serra e de policiais da Gerência de Operações Especiais (GOE) em continuidade a operação integrada Gold And Earth Risp 8 sob o comando do delegado de polícia doutor Philipe De Paula Da Silva Pinho cumpriram mais um mandado de prisão neste domingo, dia 29, em desfavor de um suspeito de ter matado seu próprio cunhado em abril deste ano em Colniza.

Conforme noticiado pelo Juína News no dia 8 de abril deste ano, o suspeito matou seu cunhado Lindomar Alves De Oliveira, de 46 anos de idade, com tiros na nuca e facadas, e logo em seguida fugiu.

A motivação para o cometimento do crime pode estar ligada ao conflito de terra e dívidas, porém as investigações ainda prosseguem na delegacia de Colniza.

Hoje, os policiais diligenciaram cerca de 50 km do município de Colniza na localidade denominada linha 20, e como receberam informações preliminares que o foragido poderia reagir a prisão, as equipes fizeram o cerco e tiveram êxito em render o homem que acabou sendo preso por força de um mandado de prisão.

Em sua propriedade foram localizadas armas de fogo como revólver, pistola, espingardas e centenas de munições de diversos calibres.

O suspeito preso foi encaminhado para à delegacia de polícia, e posteriormente para a cadeia pública.

A polícia civil está investigando ameaças feitas por ele a moradores e a denúncia de comercialização de armas de fogo na região.

Neste último sábado, a equipe policial se deslocou ao distrito de Guariba para concluir oitivas do feminicídio bárbaro ocorrido neste mês que vitimou a empresária Andrea Ramos Costa, de 31 anos, assassinada brutalmente pelo marido Diego Fernandes de Almeida, de 27 anos, que foi preso em flagrante.

Fonte: Juína News

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias