ter. dez 7th, 2021

Confusão em conveniência de posto! Policial civil de Colniza afirma que foi atender ocorrência de violência doméstica e foi agredido.

Polícia Civil abriu um procedimento para apurar se houve excesso por parte do Policial que agiu em defesa da vitima de violência domestica.

Um vídeo que circula nas redes sociais está causando grande revolta na população de Colniza, ou seja na madrugada deste sábado um investigador de Polícia Civil, foi até a conveniência do Posto Predileto, no centro da cidade e uma grande confusão aconteceu no local, aonde o mesmo efetuou disparo de arma de fogo. Veja o vídeo:

Nossa equipe foi em busca de informações e apurou que de acordo com os Boletins de Ocorrência, o investigador foi atender uma ocorrência de violência doméstica e acabou sendo agredido, vindo a ter que colocar arma em punho, supostamente em legítima defesa, vindo a efetuar disparo de arma de fogo.

Consta no boletim de ocorrência, que, a vítima ligou várias vezes para PM e não foi atendida, com isso, o Policial Civil foi até a casa da vítima(mulher), e constatou que a casa estava toda quebrada, a mesma afirmou ser seu ex-marido e que o mesmo estaria na Conveniência do Posto Predileto.

O investigador então teria ido até o local, juntamente com a vítima, e ao perceber que a vítima estaria acompanhada do investigador, o suspeito teria puxado o cabelo da mesma. E ao tentar proteger a vítima deus voz de prisão ao agressor, e nesse momento o investigador afirma ter sido agredido pelos amigos do suspeito, causando ferimentos em seu braço e que para proteger sua integridade física e também a integridade física da vítima o mesmo teria efetuado um disparo de arma de fogo para o chão.

Mesmo assim, de acordo com o investigador, os agressores não desistiram, vindo até mesmo a agredir um homem que tentava defender o policial.

O reforço da Polícia Civil e da PMMT foi chamado, compareceram no local e retiram o policial para conter os ânimos dos envolvidos.

Vejam bem, nossa equipe preservou a identidade de todos envolvidos, pois os fatos estão sendo investigados, não conseguimos contato com os envolvidos nessa ocorrência, e estamos a disposição de todos.

A Polícia Civil abriu um procedimento para apurar se houve excesso por parte do Policial que agiu em defesa da vitima de violência domestica.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias