qui. dez 1st, 2022

PJC E PMMT prendem ‘Degoladores de Colniza’; São acusados de 03 homicídios

Clovis Schllosser e Eronildo Antonio da Silva foram presos, na tarde desta segunda-feira (24), no distrito de Guariba, em Colniza (1.025 km de Cuiabá). A dupla é acusada de espancar e degolar três homens nos últimos quatro dias, sendo que dois dos homicídios aconteceram na segunda. Os suspeitos filmaram duas, das três ações criminosas.

De acordo com informações do site Olhar Direto, o primeiro homicídio aconteceu no dia 21 de maio, durante a madrugada, no bairro Garça, em Colniza e vitimou Aroldo do Carmo da Silva, conhecido como ‘Negão’. A morte se deu por lesão na cabeça e corte no pescoço (esgorjamento).

Já o segundo vitimou Jurandir Pedro, conhecido como Paraná e ocorreu na segunda-feira, no fim da madrugada, em um bar no Centro de Colniza. A execução foi filmada por Clovis e Eronildo. Nas imagens, é possível ver que eles utilizaram um pedaço de madeira para espancar o homem e depois, mais uma vez, cortaram o pescoço.

O terceiro homicídio também aconteceu ontem, no fim da madrugada, tendo sido encontrado o corpo em um terreno baldio, ao lado de um posto, também no Centro de Colniza. A execução, outra vez, seguiu o mesmo modus operandi das anteriores.

Ambos confessaram ter matado ‘Calango’ (como foi preliminarmente identificado) também por espancamento com pedaço de madeira e corte no pescoço.

A prisão aconteceu há 150 quilômetros de Colniza, no distrito de Guariba. A Polícia Civil havia recebido a informação de que Clovis e Eronildo estavam seguindo naquela direção, em uma caminhonete e acionou a Polícia Militar para auxiliar na detenção dos dois.

Os homens alegaram que as vítimas tentaram furtá-los e, por isso, houve briga resultando na morte dos três. Com eles foi encontrada uma bolsa contendo uma faca, caderno, e uma bermuda manchada com sangue. Eronildo tinha cortes de faca na mão.

Conforme boletim envolvendo um duplo homicídio na cidade de Colniza; os quais os suspeitos foram identificados e nos repassados as características, os quais foram vistos pegando carona para o Distrito de Guariba; com base nas informações e flagrância dos fatos, a PM COMEÇOU a diligenciar rondas e realizar barreiras, o qual através de informações precisas, informaram-nos que os suspeitos, haviam passados pelo assentamento Maguila, em uma caminhonete F250, de imediato A PM FOI DE encontro, ABORDARAM o veículo e REALIZARAM a revista aos suspeitos; que após diálogo, confessaram o homicídio, sendo encaminhados para a Delegacia para os demais trâmites.
Material apreendido :
Uma faca, um caderno e um shorts, com manchas aparentando ser de sangue.
Pessoas conduzidas :
Eronildo Antonio da Silva, enumeras passagens, “estupro”;
Clovis Schllosser – Maria da Penha
A Polícia Civil segue investigando o caso. 

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias