seg. maio 17th, 2021

Mauro diz que fala de Sintep é piada e quer volta às aulas após vacinar categoria

O governador Mauro Mendes (DEM) reagiu às declarações do presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Valdeir Pereira, que criticou a possibilidade de retorno às aulas presenciais após a vacinação dos profissionais da educação. “Isso é uma piada, o que o presidente do Sintep falou. Esse cara tá de gozação. Sei lá o que ele comeu no dia, o que ele bebeu no dia, mas é uma piada”, disparou Mauro em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã desta sexta (16).

Em vídeo, divulgado nesta semana, Valdeir critica o que entende que pode ser “um escape” para o governo do estado o anúncio de imunização dos trabalhadores e adiantou que o Sintep não será favorável ao retorno das aulas sem vacinação em massa da população. “Quer dizer que ele quer que todo mundo esteja vacinado? Isso é no final do ano. Negativa, essa opinião dele, não é da maioria dos cidadãos e tenho certeza que não é da maioria dos professores. Vacinou os professores, nós vamos voltar”, assevera.

DivulgaçãoMauro Mendes e Valdeir Sintephttps://5b080c68f3bdc075baa9cd1f8c44dac6.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Nesta passada, o governador anunciou a reserva de 10% das vacinas para a imunização dos profissionais da educação, o que deve ocorrer após serem vacinadas as forças de segurança.

O presidente do Sintep comemorou a notícia, mas disse que espera que essa vacinação não se torne uma pressão para o governo retornar as atividades presenciais das escolas “sem que estejam vacinados todos os nossos estudantes para que não tenhamos uma proliferação da doença entre aqueles e aquelas que não estejam vacinados” – assista.

Mauro classifica a fala como um desrespeito. Sem papas na língua, diz ainda que é fácil Valdeir dizer isso porque está à disposição do sindicato, recebendo salário e só cuidando do sindicato. “Quero ver se tivesse sem salário, se estaria falando um negócio desse”.

Por fim, o democrata ressalta que pretende vacinar os profissionais da educação, mas que a decisão não pode ser tomada apenas por ele. Explica que o Executivo já formalizou a intenção e pedido junto à CIB (Comissão Intergestores Bipartite), mas ressalta que essa decisão é do SUS. “É importante fazer a vacinação para retomar as aulas”, finaliza.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias