ter. abr 20th, 2021

Padrasto é preso e confessa ter matado adolescente de 17 anos que estava desaparecido em MT

Segundo a Polícia Civil, ele teria matado a vítima por causa de brigas familiares.

Kauã Vinicius de Jesus Dourado, de 17 anos, foi assassinado a tiros no mesmo dia do desaparecimento — Foto: Arquivo Pessoal

Um adolescente que estava desaparecido desde o dia 1º de abril foi encontrado morto nesta quarta-feira (7) em Paranatinga. Kauã Vinicius de Jesus Dourado, de 17 anos, foi assassinado a tiros no mesmo dia do desaparecimento. O padrasto dele, de 42 anos, foi preso e confessou o crime.

O delegado responsável pela investigação, Vitor Hugo, explicou que o adolescente teve o corpo enterrado em uma mata na zona rural de Paranatinga.

O padrasto teria atraído o jovem para mata e feito os disparos. O delegado disse que ele confessou o crime e mostrou onde o corpo estava.

Adolescente teve o corpo enterrado em uma mata na zona rural de Paranatinga — Foto: Polícia Civil de Paranatinga (MT)

Adolescente teve o corpo enterrado em uma mata na zona rural de Paranatinga — Foto: Polícia Civil de Paranatinga (MT)

Segundo a Polícia Civil, ele teria matado a vítima por causa de brigas familiares.

A polícia desconfiou do padrasto depois que ele começou a se contradizer nos depoimentos. Ele foi preso em flagrante e pode responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Kauã desapareceu no dia 1º de abril em Paranatinga. No primeiro momento até acharam que ele poderia ter sido sequestrado.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias