TRE-MT diz que vereador reeleito em Cuiabá foi flagrado cometendo de boca de urna no 2º turno das eleições

O vereador teria envolvimento com a boca de urna, mas fugiu do local antes de ser abordado. Mesmo não sendo preso, a conduta dele será investigada pelo TRE-MT.

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso  — Foto: TRE/MT

O vereador reeleito Marcrean dos Santos (PP) é suspeito de praticar boca de urna no segundo turno das eleições deste domingo (29), em Cuiabá. A informação foi divulgada no primeiro boletim do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Ele teria promovido o transporte irregular de eleitores, além da boca de urna na Escola Municipal Orlando Nigro, no bairro Pedregal, em Cuiabá. Ele estava fazendo boca de urna para um dos candidatos.

Ao G1, o vereador negou as acusações e disse que apenas foi votar na escola.

Vereador Marcrean Santos foi o segundo vereador mais votado — Foto: Câmara de Cuiabá/Divulgação

De acordo com o TRE-MT, essa foi a única ocorrência por crime eleitoral nas primeiras horas de votação.

Segundo a testemunha fiscal, ele fazia transporte de quatro idosos. Quando a Polícia Militar chegou, viu a situação e ele embarcou rapidamente, indo embora.

Mesmo não sendo preso, a conduta dele será investigada pelo TRE-MT. Marcrean foi o segundo vereador mais votado da capital, com 3.729 votos.

Segundo o órgão, foram registradas oito ocorrências com problemas em urnas eletrônicas. Cinco tiveram que ser substituídas.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias