Em PRIMEIRA MÃO: saiba quem é o ex-deputado preso junto com a esposa em ação da Polícia Federal em Rondônia

Prefeitos de quatro cidades são acusados de envolvimento com  propinas

Várias autoridades e assessores de políticos de Rondônia já ligaram para a redação do FOLHA DO SUL na manhã desta sexta-feira, 25, em busca de informações sobre a ação da Polícia Federal que prendeu quatro prefeitos no Estado.

A maior curiosidade dos que buscavam a informação era sobre o ex-deputado que teria sido preso pela PF. O site apurou que trata-se de Daniel Neri, marido da prefeita de Cacoal (MDB), Glaucione Rodrigues, que também foi detida.

Condenado pela justiça e obrigado a cumprir pena em prisão domiciliar por envolvimento no escândalo desbaratado pela “Operação Dominó” da Polícia Federal, Daniel Neri pediu aposentadoria na Assembléia Legislativa de Rondônia porque alegou, à época, estar acometido de câncer, embora continue exercendo ativamente, em apoio à esposa,  atividades políticas nos bastidores, com forte influência na administração do município de Cacoal.

O embasamento jurídico das prisões foi o pagamento de propinas, crime do qual a PF diz ter provas “arrasadoras”, e estão nos autos dos respectivos inquéritos.

O site segue acompanhando o desenrolar das operações.

Fonte: Quennia Mendes

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?