Tensão em Aripuanã: garimpeiros interditam acesso a mineradora Nexa!

O clima amanheceu quente na cidade de Aripuanã. Depois de uma reunião frustrada, que foi realizada ontem (segunda-feira), com o prefeito Jonas Canarinho (PSL), vereadores, representantes da Associação Matogrossense dos Municipios (AMM), Metamat, advogados da Cooperativa de Mineradores e Garimpeiros da Região de Aripuanã (Coopemiga) e assessores de parlamentares federais, para garantir da mineradora Nexa uma autorização para que os garimpeiros explorar uma área na extração de ouro.  

Em ofício enviado a Coopemiga, a direção da empresa se recusou a participar de uma reunião virtual. Indignados com a falta de diálogo da Nexa Resources, integrante da multinacional brasileira Grupo Votorantim, que implantou um projeto de exploração de chumbo e cobre em uma área de 2,8 mil hectares, as lideranças dos garimpeiros pediram uma reunião e foram atendidas pelo Promotor de Justiça Carlos Frederico Régis de Campos. O teor da conversa não foi divulgado.

Dispostos a lutar pela liberação da atividade garimpeira, a Coopemiga não abre mão de uma área da Nexa para acomodação dos trabalhadores. Enquanto perdurar o impasse, o acesso a mineradora deve permanecer interditado.

Fonte: A Bronca Popular

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *