Relatório inédito mostra que 99% do desmatamento feito no Brasil em 2019 foi ilegal

Ele atingiu todos os biomas do país, mas o maior impacto foi no Cerrado e na Amazônia. Do total de alertas, 11% foram registrados em unidades de conservação e quase 6% em terras indígenas.

Em 2019, os olhos do mundo inteiro se voltaram para as queimadas no Brasil, principalmente na Amazônia. Um relatório inédito mostra que 99% desse desmatamento foi ilegal.

O Mapbiomas é uma iniciativa de dezenas de entidades – entre universidades, ONGs e empresas de tecnologia – que, pela primeira vez, conseguiu analisar todos os alertas de desmatamento gerados satélites de várias fontes. Chegou a 56 mil pontos de desmatamento por todo o país, onde comprova o antes e o depois do crime ambiental.

O desmatamento atingiu todos os biomas do país, mas o maior impacto foi no Cerrado e na Amazônia. Do total de alertas, 11% foram registrados em unidades de conservação e quase 6% em terras indígenas.

“99% de todo o desmatamento que aconteceu no Brasil não é regular: não tinha autorização ou estava em áreas que jamais poderiam ter sido desmatadas. Em outras palavras, a gente poderia dizer que são ilegais”, diz pesquisador.

Veja os dados completos de desmatamento: http://alerta.mapbiomas.org/

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?