qua. jun 3rd, 2020

Vereador agride funcionário de hospital ao tentar visitar a filha internada e chuta policiais durante a prisão em MT

Vereador José Soares de Souza, conhecido como José Fadiga, de 44 anos, foi ouvido pelo delegado, assinou um TCO pelos crimes de lesão corporal, dano e vias de fato e acabou solto.

Um vereador foi detido na noite de terça-feira (31) suspeito de agredir um funcionário de um hospital em Ribeirão Cascalheira, a 983 km de Cuiabá. Além de agredir o servidor, o vereador também deu socos e pontapés em policiais militares que tentavam detê-lo.

De acordo com a Polícia Civil, o vereador José Soares de Souza, conhecido como José Fadiga, de 44 anos, foi ouvido pelo delegado, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelos crimes de lesão corporal, dano e vias de fato.

Ele foi liberado pela delegacia. O G1 ligou para o celular do vereador, mas ele não atendeu.

Segundo a PM, o vereador foi ao hospital para visitar a filha dele que está internada.

Funcionários disseram que ele chegou ao hospital com um comportamento já alterado e perguntou sobre a filha. No momento em que um funcionário foi mostrar o quarto onde a menina estava internada, o vereador o agrediu com socos no rosto e no peito.

O funcionário não soube dizer qual foi o motivo da agressão. Testemunhas chamaram a polícia depois que viram a situação.

Os policiais militares foram ao hospital e também acabaram agredidos com socos e pontapés pelo vereador que resistiu ao ser detido.

Um equipamento de segurança de um dos policiais foi quebrado ao ser atingido pelo suspeito.

Ainda conforme a PM, o vereador ainda tentou se esconder atrás da filha dele. Uma médica foi chamada e retirou a criança da maca para que ela não se ferisse na confusão.

Algemado, o vereador foi conduzido à delegacia e liberado posteriormente.

A Câmara de Vereadores de Ribeirão Cascalheira não se pronunciou sobre o caso.

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?