EUA passam a China e se tornam o país com mais casos confirmados de coronavírus no mundo

O presidente Donald Trump disse que o aumento das confirmações no país se deveu à ampliação dos exames para os pacientes norte-americanos.

Com mais de 82 mil casos, os Estados Unidos se tornaram nesta quinta-feira (26) o país com mais casos confirmados de Covid-19 no mundo, superando a Itália e a China, de acordo com um levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins.

Segundo a John Hopkins, os três países atingiram os seguintes números de casos nesta quinta:

  • EUA – 82.404
  • China – 81.782
  • Itália – 80.589

O presidente Donald Trump disse que o aumento dos casos confirmados no país se deveu à aplicação de testes em massa para os pacientes norte-americanos. Em entrevista coletiva, o mandatário disse não ser possível saber o número real de casos da doença no mundo.

“Isso [o aumento] é por conta da nossa maneira de testar”, disse Trump. “No fundo não sabemos quais são os números reais da doença, mas nós testamos um grande número de pessoas e a cada dia vemos que nosso sistema funciona.”

Ainda mais casos

Trump disse que provavelmente há mais casos que os reportados até o momento. “Centenas de milhares”, que segundo ele, são de pessoas que apresentam poucos ou nenhum sintoma.

“Muitas pessoas têm [a Covid-19]. Acabei de falar com duas pessoas que tiveram ”, disse Trump. “Elas nem foram para o médico.”

O presidente dos EUA defendeu estes casos como exemplo para justificar o retorno às atividades econômicas, reduzir medidas de isolamento e reabrir o comércio.

Ele disse ainda que o percentual de mortes é “muito menor do que realmente pensava”. Até agora, mais de 1 mil americanos morreram de Covid-19. Apenas nas últimas 24 horas foram 237 mortes, o maior número diário desde o início da epidemia nos EUA.

EUA são o novo epicentro do coronavírus no mundo

EUA são o novo epicentro do coronavírus no mundo

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?