‘Eles estão em processo de separação’ – Réveillon e dinheiro motivaram discussão, segundo mulher de Jean

Milena Bemfica, mulher do goleiro Jean, do São Paulo, contou a pessoas próximas nesta quarta-feira que uma discussão sobre o Réveillon antecedeu a agressão relatada por ela nas redes sociais na última madrugada. Milena e Jean estão em processo de separação e foram passar férias com as duas filhas em Orlando, nos Estados Unidos, onde ele foi preso nesta quarta.

Segundo relato de Milena, o casal passou a noite junto em Orlando e chegou durante a madrugada no hotel. Ela diz que os dois estavam alcoolizados quando começaram a discutir sobre o Réveillon. Como eles estão em processo de separação, Jean já havia avisado que sua ideia era passar a virada do ano longe de Milena, de acordo com ela.

Milena, então, foi abordá-lo novamente sobre o assunto, e Jean reforçou seu plano de passar o Réveillon sozinho. Ela, então, foi às redes sociais pedir indicação de lugares para curtir a virada do ano.

Ainda segundo relato de Milena, Jean reagiu dizendo que ela não passaria o Réveillon às custas dele e que cancelaria seu cartão de crédito. A discussão esquentou e Jean a agrediu, conforme a versão de Milena. Quem conhece o casal relata que é longo o histórico de discussões acaloradas entre eles.

© Fornecido por Goal.com Jean

Jean foi preso na manhã desta quarta-feira em Orlando pré-sentenciado por agressão doméstica. Sua ficha já consta no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Flórida. Segundo o GE.com, boletim de ocorrência do caso detalha que Jean agrediu Milena com oito socos. A assessoria do goleiro divulgou que ainda não há um posicionamento oficial do atleta.

“Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro”, disse Milena em seu perfil oficial do Instagram.

pic.twitter.com/DFXHl2MWT5— Wellington (@WellCruz8) December 18, 2019

De acordo com as publicações de Milena, apagadas pouco tempo depois, ela estava trancada no banheiro enquanto o atleta dizia algo do outro lado da porta.

Horas após relatar as agressões, Milena publicou novos vídeos e disse que estava tudo bem. “Meus amores, como tem muita gente preocupada comigo, e eu tô sem celular, eu tô em outro lugar… Já passou. Eu tô com as meninas, e tá tudo bem. Depois eu vou me pronunciar. Tem muita gente falando comigo, e não tem como responder. Não tenho WhatsApp, tô incomunicável, mas tá tudo bem”.

O São Paulo emitiu uma nota oficial com o seguinte: “o São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis. Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles.

   Após denúncia, mulher de Jean tranquiliza as pessoas

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?

Categorias