qua. jan 29th, 2020

Alerta urgente moradores de Colniza – Prefeito decreta situação de emergência em razão de infestação pelo mosquito da Dengue; 208 confirmados

O prefeito de Colniza Jesineison de A. Brandão no uso de suas atribuições, considerando que o município de Colniza enfrenta um verdadeiro estado de calamidade pública, em razão do alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti  o que se evidencia com o atual estado de alerta epidêmico que se encontra todo o território municipal.

Ate então foram notificados mais de 250 casos 208 confirmados como sendo dengue, e vários outros ainda em investigação.

Considerando o relatório de avaliação social de desastre natural emitido pelo Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS datado de 08 dezembro de 2019 o qual aponta a incidência de mosquitos causadores da dengue em virtude das fortes chuvas que afetaram este município entre os dias 06/07 do corrente mês e ano.

Considerando o previsto na Lei Orgânica do Município que estabelece que a saúde é direito de todos e dever do município, garantindo mediante políticas sociais e econômicas que visem a redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário as ações e serviços para a sua promoção e recuperação.

DECRETA: Situação de emergência no município de Colniza.

Combate ao Aedes Aegypti: prevenção e controle da Dengue, Chikungunya e Zika

Combate ao Aedes Aegypti – #CombataOMosquito

Combate ao Aedes Aegypti: dengue, zika, febre amarela e chikungunya

O Ministério da Saúde convoca a população brasileira a continuar, de forma permanente, com a mobilização nacional pelo combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, doenças que podem gerar outras enfermidades, como microcefalia e Guillain-Barré, o Aedes Aegypti.

O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por essas doenças. No entanto, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir focos em qualquer época do ano.

Por isso, a população deve ficar atenta e redobrar os cuidados para eliminar possíveis criadouros do mosquito. Essa é a única forma de prevenção. Faça a sua parte. #CombateAedesDENUNCIE FOCOS DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI:  Quando o foco do mosquito Aedes Aegypti é detectado e não pode ser eliminado pelos moradores ou pela população, como em terrenos baldios ou lixos acumulados na rua, a Secretaria Municipal de Saúde deve ser acionada para remover os possíveis focos/criadouros. Faça sua parte!

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?