qua. jan 29th, 2020

É tetra! Estrela de Lázaro brilha novamente, Brasil vira sobre o México e é campeão do Mundial Sub-17

PRIMEIRO TEMPO:

FALTOU PONTARIA

O Brasil foi para o intervalo com 13 finalizações e quatro chutes ao gol. E muita frustração. A equipe brasileira criou muito. Apenas Veron desperdiçou três boas oportunidades. Peglow acertou a trave. Patryck obrigou García a fazer uma boa defesa com chute de fora da área. Mas faltou pontaria. E diante do volume de jogo com o placar zerado, bateu nervosismo em um momento. O México foi mais cadenciado, mas assustou na bola aérea. No entanto, não conseguiu marcar.

SEGUNDO TEMPO:

“EU ACREDITO”Os primeiros minutos foram no mesmo tom da etapa inicial. Kaio Jorge desperdiçou uma chance, Patryck parou em Garcia novamente, Peglow errou por um triz. O Brasil não vencia o gol mexicano. Até ser vencido. Após boa jogada de Pizzuto, o camisa 6 cruzou da esquerda, e González venceu a zaga brasileira para, de cabeça, abrir o placar. Dalla Déa se lançou ao ataque. Colocou Matheus Araújo e Lázaro. Mas foi com a ajuda do VAR que a equipe reagiu. Com ajuda do vídeo, o árbitro marcou pênalti após revisão, e Kaio Jorge converteu. Aos 47, Yan fez cruzamento primoroso para Lázaro estufar as redes e garantir o título brasileiro.

É TETRA!

O Brasil chega ao seu quarto título do Mundial Sub-17. Conquistou a competição também em 1997, 1999 e 2003. Os mexicanos seguem com duas taças. Agora, a seleção brasileira encosta na Nigéria, que é o maior vencedor da Copa do Mundo para menores de 17 anos, com cinco taças. 

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT

Qual é a sua Opinião?