Servidora municipal de 32 anos comete suicídio em Cuiabá

Fisioterapeuta enfrentava depressão

servidora da Prefeitura de Cuiabá, fisioterapeuta Samara Fonseca, de 32 anos, se suicidou no último domingo (3). A jovem deixa marido e um filho de três anos.

Conforme informações de amigos e familiares de Samara, ela sofria de depressão. “Infelizmente a minha sobrinha Samara Fonseca estava passando por dores terríveis na alma, lutando contra depressão. Essa doença ceifou a vida dela”, declarou um familiar.

De acordo com a Secretaria de Comunicação da Capital, Samara era servidora pública da Saúde desde 2008, e trabalhava como agente comunitária de saúde concursada no PSF Novo Millenium, durante o dia. No período noturno, ela ainda atuava como fisioterapeuta no hospital São Benedito.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lamentou a morte da servidora e divulgou nota no site da prefeitura. “Nunca estamos preparados para o fim de uma vida, ainda mais de uma pessoa tão jovem. Que Deus, em sua misericórdia divina, ajude a confortar o coração dos familiares”.

O corpo da servidora foi velado na Capela Jardins, na Capital. O sepultamento será realizado na manhã desta terça-feira (5) no cemitério Parque Bom Jesus.

Depressão

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias, pelo telefone 188.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?