Em assembleia, profissionais da educação aprovam greve a partir do dia 27 em MT

Trabalhadores e estudantes de instituições públicas protestam contra o corte de recursos da educação e contra a reforma da previdência.

Em assembleia geral, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) aprovou greve geral da educação a partir do dia 27 de maio.

Milhares de professores e profissionais ligados à educação estiveram presentes na assembleia geral, realizada na Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá. Eles reivindicaram o pagamento dos salários em dia e reclamaram das más condições de trabalho.

Após a decisão pela greve, os profissionais desceram a Avenida Getúlio Vargas e seguiram até a Praça Alencastro.

Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT). — Foto: Tylcéia Tyza/TVCA

Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT). — Foto: Tylcéia Tyza/TVCA

Trabalhadores e estudantes de instituições públicas protestam contra o corte de recursos da educação e contra a reforma da previdência.

O ato faz parte de uma mobilização em defesa da educação no país, após o anúncio de cortes feito pelo Ministério da Educação.

De acordo com os representantes das instituições, com o corte de 30% na educação, universidades e institutos não terão como funcionar.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?

%d blogueiros gostam disto: