Polícia Civil prende dois por participação em latrocínio de sargento da PM

Dois suspeitos de participação no roubo seguido de morte de um sargento da Polícia Militar foram presos, na tarde de sexta-feira (08), após diligências investigativas da Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva). Os dois suspeitos são responsáveis por recrutar os executores do crime e vão responder por associação criminosa e também latrocínio.

A unidade policial assumiu o caso do latrocínio do 3º sargento da Polícia Militar Marino Soares,  62 anos, ocorrido na manhã de sexta-feira, no bairro Vila Rosa, em Cuiabá.  O crime foi motivado pelo roubo do veículo EcoSport da vitima, localizado logo depois pela Polícia.

A identificação e prisão dos suspeitos Mário Dias de Paes Júnior, 22 anos, conhecido por Neném,  e Michael Douglas Ibiapino, 29,  ocorreu após a detenção feita pela Polícia Militar de Kelvison Richer Silva de Oliveira, 23. O suspeito Kelvison quando localizado na casa de Mário, que no momento não estava no imóvel, sendo encontrado pelos policiais civis nas proximidades da casa de sua mãe, local onde também foi preso o comparsa Michael.

Na sequência da prisão da PM, investigadores da Derrfva foram até à residência de Mário acompanhados de peritos da Politec, para análises de vestígios. Na casa foi encontrado um pé direito de um chinelo Havaianas de cor azul, bem como uma camiseta toda ensanguentada. O pé esquerdo do mesmo chinelo foi encontrado no local do latrocínio, próximo ao corpo do militar.

Quando abordado, Michael mentiu o nome, alegando não conhecer Mário, que na verdade são cunhados. Kelvison confessa o crime e narra que após foi até a casa Mário, que o auxiliou na trocou da roupa ensaguentada por outra limpa, logo em seguida deixou a casa para não ser preso.

Ambos os suspeitos (Mário e Michael) já eram investigados pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos como autores intelectuais de um roubo ocorrido no dia 3 de março deste mês, referente um veículo Etios que foi encontrado na quarta-feira (06), na residência de Michael, localizada no condomínio Chapada dos Sábias, bairro Jardim Imperial, na capital.

O segundo executor do crime também teve a prisão preventiva representada pela Polícia Civil, mas encontra-se foragido.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?