Presidente da Câmara de Vereadores de Colniza solicita mudança na lei que dispõe sobre os plantões das farmácias e drogarias do município

O chefe do legislativo quer que as farmácias e drogarias fiquem liberadas a funcionar 24 horas por dia sem a necessidade de plantões

O presidente da Câmara de Vereadores de Colniza, Jesineison de Aguiar Brandão, apresentou através de indicação durante Sessão realizada na noite de segunda-feira (25/02) uma solicitação sugerindo ao poder executivo para que seja feita uma alteração na Lei Nº 051/2001.

Segundo ele os plantões das farmácias e drogarias vêm sendo realizado com apenas uma ficando responsável no período das 18:00Hs ás 07:00Hs da manhã de segunda à sexta-feira, e no sábado das 12:00Hs até à meia noite e no domingo das 00:00 até as 07:00 da manhã de segunda-feira, e após as 22:00Hs as farmácias não tem obrigação alguma de ficar aberta sendo que os atendimentos só são realizados em casos de emergência portando a receita médica.

Diante disso o mesmo vem recebendo inúmeras reclamações da forma que vem sendo realizado os plantões e em atendimento a vários pedidos de moradores foi solicitado que seja feito uma alteração na Lei Nº 051/2001, ou seja no artigo 1º acrescentando no inciso 1, fica autorizado o funcionamento de farmácias e drogarias em período integral de 24 Hs, inclusive sábados, domingos e feriados.

Tendo em vista que em muitos casos o paciente sente dor fora de hora e a farmácia não é obrigado a atender devido estar amparada nessa Lei.
Pois a doença não tem hora, e há a necessidade que o Executivo Municipal envie para Câmara um projeto de lei que regulamente os plantões de farmácias e drogarias no município, a exemplo de outras cidades que contam com esta lei.

“Estou preocupado com as necessidades da população, principalmente diante de casos de extrema necessidade, já que é de relevante importância que se tenha uma farmácia funcionando 24 horas em nosso município, pois as ações de urgência sempre vão existir e esta não tem hora marcada para acontecer, sendo que a saúde dos nossos munícipes não depende apenas de atendimento médico de qualidade, mas também da continuidade no pós-atendimento, isso se trata da medicação, temos percebido que muitas vezes em dias e horários especiais, não contamos com a garantia de acesso ao medicamento, pois não temos uma farmácia de plantão”. Finalizou Brandão. O chefe do legislativo quer que as farmácias e drogarias fiquem liberadas a funcionar 24 horas por dia sem a necessidade de plantões.

Com as informações assessoria

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: