Dr. Robson Medeiros fala a respeito do 1º caso de feminicídio de Colniza(MT) em 2019.

O Advogado Dr. Robson Medeiros e Dr. Jabes Ferreira Barbosa, falaram a equipe do Site O Pantanal OnLine a respeito da soltura do acusado.

Um caso de grande repercussão aconteceu em Colniza, Município localizado a aproximadamente 1065 km da Capital Cuiabá, ou seja um caso de feminicídio, mas antes de falarmos de feminicídio, os advogados informaram o que é feminicídio, vejam:

O que é Feminicídio:

Feminicídio significa a perseguição e morte intencional de pessoas do sexo feminino, classificado como um crime hediondo no Brasil. 

O feminicídio se configura quando é comprovada as causas do assassinato, devendo este ser exclusivamente por questões de gênero, ou seja, quando uma mulher é morta simplesmente por ser mulher. 

No caso de Colniza, o acusado não tirou a vida da esposa, ou seja, de acordo com a acusação, o acusado N.Z, tentou contra vida da esposa, e com isso, não teria consumado o crime porque supostamente teria sido impedido por algum motivo ou por alguém.

Em sua decisão o Juiz de Direito da Comarca de Colniza, M.M RICARDO FRAZON MENEGUCCI, o qual concedeu a liberdade do acusado este reconheceu que não estavam mais presentes os requisitos necessários que justificasse a prisão preventiva, e a sim mesmo contra o Manifesto do Mistério Publico, diante dos argumentos da defesa e sua convicção, colocou em liberdade N.Z.

Segundo pronunciamento dos advogados em especial Dr. Robson Medeiros, este salienta que apesar de muitos operadores do Ministério Públicos não terem a sensibilidade necessária para aplicação do que realmente é justo e menos danoso para as pessoas envolvidas como no caso em tela esposa e filha da família em questão, segundo frisou o advogado “Graças a Deus e ao trabalho da verdadeira Justiça o M.M Juiz DR. RICARDO FRAZON MENEGUCCI, tem demonstrado em suas decisões este elemento essencial a aplicação da verdadeira JUSTIÇA, e a APLICAÇÃO DA LEI EM PRO DA SOCIEDADE “, o que é um Grande beneficio e conforto a SOCIEDADE DE COLNIZA contar com este trabalho realizado pelo magistrado”.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: