Em sessão na presidência, deputados de MT aprovam contas referentes a 2017 do ex-governador Pedro Taques

As contas tiveram parecer favorável à aprovação pelo TCE antes de serem encaminhadas para a Assembleia, apesar das 17 irregularidades verificadas nas contas do ex-governador.

Em votação na sala do Colégio de Líderes, na presidência da Assembleia Legislativa, os deputados estaduais de Mato Grosso aprovaram as contas referentes ao exercício de 2017, sob o comando do ex-governador Pedro Taques (PSDB). Foram 12 votos pela aprovação e oito contrários.

A sessão não foi transmitida pela TV Assembleia, porque a Casa está, deste esta terça-feira (22), com centenas de servidores públicos acampados no local, lutando para derrubar as propostas do novo governo estadual.

As contas de Taques tiveram parecer favorável à aprovação pelo Tribunal de Contas Estadual (TCE) antes de serem encaminhadas para a Assembleia, apesar das 17 irregularidades verificadas nas contas do ex-governador, que resultaram em uma extensa lista de recomendações.

Entre elas, busca de soluções eficazes para recuperação da dívida ativa; adoção de medidas para conter o aumento de despesa com pessoal; avaliação do impacto para o cumprimento das metas fiscais no momento de deferir ou renovar renúncias de receitas; elaboração de diagnóstico sobre a situação dos inativos; abstenção de contrair despesas nos dois últimos quadrimestres do mandato que não possam ser pagas no próprio exercício ou no seguinte, se não houver disponibilidade de caixa, entre outras.

Ainda devem ser votadas as contas referentes ao exercício financeiro de 2018, também sob a gestão de Taques.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?

%d blogueiros gostam disto: