Fazenda Magali – Vídeo: Pastor ministra no enterro de Elizeu

Vítima é sepultada, mas clima de medo persiste

O posseiro Elizeu Queres de Jesus, 38 anos, morto a tiros por seguranças da fazenda Bauru, de propriedade do ex-deputado estadual José Riva, foi sepultado no Cemitério Municipal de Colniza (a 1065 KM de Cuiabá) no final da tarde deste domingo (6), sob forte comoção.

O crime foi registrado na manhã desse sábado (5), quando nove pessoas ficaram feridas, sendo três com gravidade.

A morte de Elizeu é a primeira em conflito agrário ocorrida em 2019. Entidades como a Comissão Pastoral da Terra estão acompanhando os desdobramentos.

Um vídeo que ajudou na elucidação do crime mostra o inicio do tiroteio na fazenda Bauru. Outro, a comoção no funeral de Elizeu.

Os seguranças de Riva alegaram terem sofrido emboscada por parte dos posseiros  da Gleba União, que teriam tentado invadir a fazenda Bauru.

Entretanto, as investigações da Polícia Judiciária Civil refutaram essa versão.

Na madrugada deste domingo, quatro seguranças de Riva foram presos em flagrante por homicídio e nove tentativas de homicídio. Todos estão recolhidos à Cadeia Pública de Colniza à disposição da Justiça.

Apesar das quatro prisões, o clima é de medo entre os posseiros. Uma liderança local afirmou ao  que o chefe dos pistoleiros, que usa tornozeleira eletrônica e teria feito os primeiros disparos, fugiu do local e pode retornar a qualquer momento.

Em poder dos seguranças de Riva, foram apreendidos quatro armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 12, duas pistolas 380, e um revólver, calibre 38.  A força-tarefa desenvolvida para apurar o ocorrido reuniu a Polícia Judiciária Civil (por meio da Delegacia de Colniza e Gerência de Operações Especiais – GOE), Polícia Militar (do município e também Força Tática de Juína), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Cuiabá e Instituto Médico Legal (IML), também da Capital, além do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

A CPT divulgou os nomes das vítimas:

  • Eliseu Queres – (morto)
  • Milton Jose Da Silva (Gravemente ferido)
  • Moises Ferreira (Gravemente ferido)
  • Valmir Nunes Januario (Gravemente ferido)
  • Antonio Jose Maia Silva
  • Manoel Ferreira Barbosa
  • Marcos Martins Do Prado
  • Nalbes Apolinario
  • Tahik Bruno Oliveira
  • Tiago Alves Lopes

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?

%d blogueiros gostam disto: