Juína: Terapeuta e ex-vereador é suspeito de abusar de pacientes durante sessões de terapia e cirurgias espirituais

Mulheres disseram que durante as sessões terapeuta holístico acariciava as partes íntimas das pacientes. Antônio Monteiro nega os abusos e alega que não foi notificado sobre as denúncias.

O terapeuta holístico e ex-vereador, Antônio Monteiro, de 65 anos, que mora em Juína, a 737 km de Cuiabá, está sendo investigado pela Polícia Civil por susposto abuso sexual de mulheres durante sessões de tratamento.

Por telefone, Antônio conversou com o G1 e negou que tenha cometido os abusos e disse que não foi chamado para depor e nem foi notificado sobre as denúncias.

“Eu tenho câmeras na sala de atendimento que podem comprovar que não houve nenhum tipo de abuso. Já acionei um advogado e vou provar que isso não é verdade”, disse ele.

Duas denúncias foram feitas anonimamente e outra pessoalmente, com o registro de boletim de ocorrência. A investigação ainda está em fase inicial e a polícia não divulgou detalhes sobre o caso.

No entanto, em entrevista a uma rádio local, algumas vítimas contaram que durante as sessões o terapeuta acariciava as partes íntimas das pacientes.

As vítimas disseram ainda que o tratamento, que inclui sessões de terapia e cirurgias espirituais, custavam em torno de R$ 1,9 mil.

No cartão de visita do terapeuta consta que são oferecidos tratamentos para depressão, estresse, coluna, nervo ciático e sistema nervoso.

Antônio Monteiro mora em Juína há 31 anos e há 12 trabalha com terapia holística. Ele é formado em teologia, com mestrado em Reiki, e também é agricultor.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?