Maioria é favorável a proibição de sacolas plásticas em mercados de MT

A enquete foi lançada devido a um projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que proíbe o comércio de usar essas embalagens para colocar as compras dos clientes.

A maioria dos internautas que participou de uma enquete lançada pelo G1 na última segunda-feira (26) é contra a utilização de sacolas plásticas nos mercados de Mato Grosso.

O resultado mostra que 61,42% são contrários à utilização, enquanto 38,58% se mostram favoráveis às sacolas de plástico.

A enquete foi lançada devido a um projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que proíbe o comércio de usar essas embalagens para colocar as compras dos clientes.

O projeto determina que os estabelecimentos comerciais forneçam sacolas de papel com matérias-primas biodegradáveis que não agridam a natureza para os clientes transportarem os produtos.

A lei, se aprovada em segunda votação e sancionada pelo governador Pedro Taques (PSDB), se aplica apenas às embalagens fornecidas pelo próprio estabelecimento para o acondicionamento e transporte dos produtos, não se aplicando às embalagens originais dos produtos.

Caso os supermercados disponibilizem sacolas plásticas, elas devem ser retornáveis ou confeccionadas com material biodegradável de ciclo curto.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *