Polícia Civil deflagra operação contra supostos desvios de recursos em projetos de cultura e esporte da Capital

 Polícia Civil deflagra operação contra supostos desvios de recursos em projetos de cultura e esporte da Capital

A Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), da Polícia Judiciária Civil, deflagrou na manhã desta terça-feira (27) a operação “Ippon”, baseada em investigação para apurar desvios de recursos públicos da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano do município de Cuiabá, entre os anos de 2014 a 2017.

A operação dá cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão, um deles em um órgão público e os demais em residências da Capital.

A denúncia aponta desvios por meio de convênios firmados pela Prefeitura de Cuiabá e o Instituto Mato-grossense de Artes, Cultura e Desporto.
Segundo apurado, o instituto criava projetos que em tese beneficiariam crianças e adolescentes, mas há informações de que teriam sido usados para atender interesses pessoais, mediante a utilização de notas fiscais fraudulentas para justificação de verbas públicas.

A operação Ippon recebeu esse nome em alusão a expressão utilizada em competições de artes marciais  para atribuir um golpe perfeito.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator na Empresa O Pantanal OnLine, sob o número 0002048/MT, em 21/08/2014, conforme processo nº 46210.001548/2014-14

You May Also Like

Qual é a sua Opinião?