PF desarticula esquema de fraudes em licitações na prefeitura em Ji-Paraná

Operação Pedágio cumpre 24 mandados judiciais. São 10 de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão.

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (21), a operação Pedágio, que investiga suspeitos de fraudarem licitações da administração pública de Ji-Paraná (RO), na Região Central do estado. Mandados também são cumpridos no Gabinete da Secretaria Municipal de Administração e no Setor de Licitações e Contratos da Prefeitura de Ji-Paraná.

As investigações apontam que empresários eram pressionados a pagar propina para que pudessem ganhar licitações e receber os pagamentos dos contratos com a prefeitura. Esse esquema prejudica a competitividade das licitações, gerando danos ao tesouro público da Prefeitura de Ji-Paraná e da União.

Segundo a Polícia Federal, as investigações começaram há mais de dois anos, nesse período os agentes coletaram evidências de crimes na alta cúpula da administração de Ji-Paraná.

Ainda conforme informações da PF, são cumpridos 24 mandados judiciais, sendo 10 de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal Subseção Judiciária de Ji-Paraná.

Os envolvidos no esquema responderão pelos crimes de corrupção ativa e passiva, concussão, peculato, lavagem de dinheiro, fraude a procedimentos licitatórios, falsidade ideológica, organização criminosa entre outros.

O nome da operação faz referência a exigência do pagamento a integrantes da organização criminosa, para que pudesse continuar com a execução do contrato.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *