“Colniza vai comemorar 20 anos de descaso!” – Ponte quebra e caminhão cai dentro do rio.

Salva o nosso povo promotor, olha isso!

Gastos com festas, gastos com conforto e luxuria para administração, gastos com diárias e passagens e a cidade um abandono total.

O município de Colniza localizado a aproximadamente 1065 km da capital Cuiabá está passando por seu pior momento, ou seja, perto de completar 20 anos de emancipação, não há nada para comemorar.

Vejam bem, são emendas parlamentares que desaparecem, estradas abandonadas, pontes destruídas, saúde sucatada e o que o atual gestor, Celso Leite Garcia(PT) está fazendo? – Literalmente nada! – Apenas acumulando diárias, viajando e pior ostentando com prédios de luxo e caminhonetes.

Veja abaixo:

Agora pasmem, o caminhão coletor de lixo urbano da prefeitura municipal de Colniza, ao passar pela ponte podre de madeira que dá acesso ao bairro Cidade Alta, no Centro da Cidade, caiu dentro do rio, devido a ponte, que já estava em péssimo estado, quebrar. Veja a imagem:

Um internauta gravou um vídeo e colocou na rede social Facebook, vejam o descaso e o risco de morte que estes funcionários passaram:

A equipe do site O Pantanal OnLine, não entende o porquê, do Ministério Público e da Justiça não reagir e não intervir diante de tanto descaso e absurdos, pois, isso está causando uma terrível sensação de terra sem lei, terra da impunidade, um verdadeiro paraíso de corruptos.

Já denunciamos e com provas os desmandos desta gestão, que só sabe ostentar e festar com a cara da população e agora irão ter a cara de pau de gastarem uma fortuna com a festa de emancipação da cidade. veja:

Então vejam isso, viram? – Agora não é somente esta ponte que está neste estado e, para as autoridades tomarem providências, o que falta? – Infelizmente, vidas de inocentes serem ceifadas, em umas desta pontes quebradas.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

5 thoughts on ““Colniza vai comemorar 20 anos de descaso!” – Ponte quebra e caminhão cai dentro do rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *