“Agora só quem tem dinheiro!” – Saúde de Colniza um Caos e irá perder 03 médicos Cubanos.

MT perderá 132 médicos cubanos que atuam em 55 cidades

Em Mato Grosso, 132 médicos cubanos que atuam em 55 municípios devem deixar de atender pelo programa Mais Médicos depois de uma divergência do país com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Com isso, o deficit de profissionais vai aumentar comprometendo o atendimento preventivo na Atenção Básica, principalmente em municípios mais afastados da Capital e aldeias indígenas. Veja a distribuição dos médicos cubanos por estados clicando aqui.

O Município de Colniza, localizado a aproximadamente 1065 km da capital, será com certeza um dos mais prejudicados, pois, irá perder 03 médicos Cubanos, que trabalham nos PSFs( Programa Saúde da Família).

Situação gravíssima, pois foram os Cubanos que resolveram parcialmente a falta de médicos no Município.

Vejam bem, o descaso com a cidade é enorme, pois médicos brasileiros, exigem salários acima de R$ 50.000,00, além das mordomias, como casas de luxo, alimentação em restaurante e etc…

Lamentavelmente, o município já está totalmente abandonado, a saúde está sucateada, o hospital Municipal André Maggi, está desabando e sem condições nenhuma de atender a população.

Essa decisão fará com que o povo volte a realidade de 20 anos atrás, aonde quem tem dinheiro, freta um avião e procura atendimento em outra cidade, pois, as clinicas particulares são de atendimento simples e muito caro e quem não tem condições só resta “orar” a Deus para não adoecer.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *