Aconteceu em Colniza! Delegado indiciará acusado de queimar vagina da esposa por três crimes

O homem foi preso após ter sido denunciado de agredir a esposa com socos e chutes, além de mantê-la trancada dentro de casa, na última terça-feira. A vítima só foi liberada após a chegada dos familiares na casa. 

O delegado de Colniza (1.065 km de Cuiabá), Edison Ricardo Pick confirmou, em entrevista, ao Só Notícias, que vai indicar o acusado de queimar vagina da esposa, de 21 anos, com garfo quente pelos crimes de maus tratos, cárcere privado e lesão corporal grave.

“É um caso que nos surpreendeu pela crueldade. Fiz o flagrante e agora vou indiciá-lo pelos crimes de maus tratos, cárcere privado e lesão corporal grave. Ele vai passar pela audiência de custódia e será encaminhado por uma unidade prisional. O acusado preferiu ficar calado durante interrogatório. A vítima era casada há mais de seis anos. Ela já passou por exames para comprovar que ocorreu vários tipos de violência”, disse Pick.

O homem foi preso após ter sido denunciado de agredir a esposa com socos e chutes, além de mantê-la trancada dentro de casa, na última terça-feira. A vítima só foi liberada após a chegada dos familiares na casa.

Com apoio da Força Tática de Juína, os policiais civis foram até o local de trabalho do suspeito, em uma fazenda a 22 quilômetros de Colniza, e o prenderam em flagrante. Foram apreendidos 4 cartuchos calibre 32 e diversas espoletas, porém nenhuma arma de fogo foi localizada.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *