CIRO GOMES (PDT) – JORNAL NACIONAL – ENTREVISTA COMPLETA

Erros e acertos de Ciro Gomes no Jornal Nacional, da TV Globo

Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, foi sabatinado pelo Jornal Nacional, da TV Globo, na noite desta segunda-feira (27). A Lupa checou algumas frases ditas por ele. Veja:

“Réu ele [Carlos Lupi, presidente do PDT] não é”

Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, no dia 27 de agosto de 2018

FALSO

Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho e presidente do PDT, foi denunciado em 2012 pelo Ministério Público Federal (MPF) por improbidade administrativa. A petição inicial foi aceita em novembro de 2015, e a ação, de número 0027594-86.2012.4.01.3400, tramita na 6ª Vara Federal de Brasília desde então. Na ação, ele é acusado de ter voado em aeronave fretada por uma ONG com convênio com o Ministério do Trabalho, o que seria uma vantagem indevida. Como se trata de uma ação civil, Lupi não pode ser punido com prisão, mas corre o risco de perder os direitos políticos e ter que pagar multa e indenização. Na entrevista do JN, Ciro disse que não tinha conhecimento desse caso. A Lupa, no entanto, já tinha checado essa informação em duas ocasiões, e procurado a assessoria do candidato em ambas as ocasiões.

Em nota, Lupi reconheceu que responde a uma ação civil pública que “busca ressarcimento ao erário” pelo uso da aeronave. “Enquanto Ministro de Estado do Trabalho e para cumprir agenda oficial, não usei o avião da FAB, o que certamente geraria custos enormes para o erário”. O presidente do PDT informa, ainda, que não foi alvo de inquérito criminal.

Procurado, Ciro não retornou.

“Quem transformou isso [a proposta de retirar nomes do SPC] num hit foram meus adversários”
Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, no dia 27 de agosto de 2018

CONTRADITÓRIO

A primeira vez que essa proposta veio à tona na campanha deste ano foi pela boca do próprio Ciro Gomes. No primeiro debate presidencial, realizado pela Band no último dia 9, o candidato falou que tinha uma proposta para “limpar” o nome dos 63 milhões de brasileiros com dívidas no SPC. Desde então, a página oficial de sua candidatura no Facebook fez pelo menos cinco publicações a respeito da proposta. Quando a entrevista do Jornal Nacional começou, ela inclusive mudou a capa para uma imagem que continha os dizeres “Programa Nome Limpo: Seu nome fora do SPC”. No Twitter, a mesma imagem foi publicada assim que Ciro apareceu na televisão. Procurado, Ciro não retornou.

“[Kátia Abreu] votou contra o impeachment, (…) votou contra a reforma trabalhista”
Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, no dia 27 de agosto de 2018

VERDADEIRO

Em 2016, a senadora Kátia Abreu votou contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Em entrevista à Revista Globo Rural, a senadora defendeu Dilma e afirmou que “o Tribunal aprovou as contas de ex-presidentes com pedaladas e agiu de forma diferente com a presidente”. Além disso, ela também votou contra a Reforma Trabalhista. Na época, a senadora afirmou que a reforma era uma “carta branca a um governo que não existe mais”.

“O lado do PSDB não tem nenhum na cadeia”
Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, no dia 27 de agosto de 2018

VERDADEIRO, MAS

Até o noite desta segunda nenhum político do PSDB foi preso ou condenado pela Operação Lava Jato. No entanto, no dia 17 de abril Aécio Neves se tornou réu. O STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu a denúncia da PGR (Procuradoria Geral da República) contra o senador tucano por suposta prática de corrupção passiva e obstrução de Justiça.

 

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *