Policial é baleado e esposa é a principal suspeita

A discussão começou após a mulher pegar algumas mensagens no celular da vítima

Um sargento de 43 anos, da Polícia Militar (PM) foi baleado na madrugada desta terça-feira (31), no bairro Padre Rodolfo em Rondonópolis. A esposa é suspeita de ter cometido o disparo.

De acordo com os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO) de número: 2018.239004, uma guarnição da Polícia Militar (PM) foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), informando que um militar chegou ferido na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acompanhado de sua esposa, procurando por atendimento médico.

A guarnição se deslocou e constatou a veracidade dos fatos e acompanhou a vítima até o Hospital Regional. A esposa do militar permaneceu com os policiais e durante conversa, relatou que efetuou o disparo depois dos dois terem discutido por motivo fútil.

A mulher pegou o celular do marido, olhou algumas trocas de mensagens, os dois discutiram, a vítima disse que iria sair de casa e a esposa pegou uma pistola calibre ponto 40, que pertence ao militar e estava guardada em cima do guarda-roupas, efetuando alguns disparos contra ele.

O filho de quatro anos do casal, estava na residência e saiu correndo quando escutou os disparos. Depois da ação motivada por impulso, a esposa pegou o marido e saiu em busca de socorro até a base do Samu.

A guarnição se deslocou até a residência e averiguo os fatos. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também compareceram no local.

A mulher foi encaminhada até a 1ª Delegacia de Polícia (1ªDP), foi atuada em flagrante por tentativa de homicídio e deve passar por audiência de custódia. O militar passou por uma cirurgia no Hospital Regional e não corre risco de vida.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *