Lava Jato ganhou projeção exagerada e indevida, diz Gilmar Mendes

Ministro do STF concedeu entrevista ao jornalista Roberto D’Ávila, na Globo News.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse, em entrevista que será transmitida pela GloboNews às 21h desta quinta-feira (14), que a Operação Lava Jato teve uma projeção exagerada e indevida, mas que também ganhou popularidade.

Gilmar Mendes conversou com o jornalista Roberto D’Ávila (veja trecho no vídeo acima). Ele disse que o país vive um “momento singular” e também comentou os caminhos tomados pela operação.

“Toda essa bem-sucedida Operação Lava Jato, que é digna de elogios, levou também ao desaparecimento da classe política, dos partidos políticos. Por isso, ela passou a ter uma lógica própria. Veja que a Lava Jato passou a propor medidas legais, questionar medidas judiciais, a discutir aspectos que transcendem de muito a sua própria competência, a sua própria atribuição, a atribuição dessa chamada força-tarefa”, disse.

“Mas, sobretudo, me parece que o desaparecimento do Congresso com seu papel de contemporização, de moderação e de enfrentamento muitas vezes levou que essa organização, a Operação Lava Jato, ganhasse uma projeção talvez exagerada e claramente indevida. Mas ela ganhou também popularidade”.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *