Prefeitura de Colniza não cumpre determinações de decisão do TCE

Falta de transparência da prefeitura de Colniza, faltas graves e sem justificativas

Prefeitura de Colniza não cumpre determinações de decisão do TCE

Para verificar o cumprimento das determinações do acórdão 441 de 2016, e avaliar a conformidade do portal transparência da prefeitura de Colniza, um processo de monitoramento foi aberto pela primeira Secex do Tribunal de Contas de Mato Grosso.

A realização do monitoramento se deu após solicitação em uma auditoria especial sobre o cumprimento da lei de acesso à informação nas prefeituras dos trinta maiores municípios do Estado.

A unidade instrutória realizou análise no portal da transparência, usando a metodologia aprovada pelo comitê técnico de controle externo e constatou que a prefeitura de Colniza não cumpriu as obrigações impostas no acórdão.

O relator do processo foi o conselheiro interino Luiz Henrique Lima.

Ouça o áudio do TCE/MT:

 

Sonora: Luiz Henrique Lima – conselheiro interino do TCE-MT

 

Após pedido, o Tribunal de Contas concedeu as cópias do processo e prorrogação de prazo, mas não houve o cumprimento dos termos da decisão./ O conselheiro relator Luiz Henrique Lima ressaltou que em dezembro de 2017 foi noticiado a morte do prefeito da gestão analisada.//

 

Sonora: Luiz Henrique Lima – conselheiro interino do TCE-MT

 

O voto completo está disponível no portal do Tribunal www.tce.mt.gov.br, no menu pauta de julgamentos, processo 09, do dia 15 de maio, sessão da Primeira Câmara.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *