Grupo de Juína organiza bloqueios em apoio a greve dos caminhoneiros; MT 170 e BR 174 são alvos

Grupo de Juína organiza bloqueios em apoio a greve dos caminhoneiros

Um grupo de moradores do município de Juína, região noroeste de Mato Grosso, simpatizantes ao movimento dos caminhoneiros que está movimentando todo o país contra o preço dos combustíveis, se reuniu na tarde desta quarta-feira (23/05) com o intuito de organizar uma paralisação nas rodovias que dão acesso ao município.

Cerca de 50 pessoas entre empresários, profissionais liberais, produtores rurais e populares se reuniram para acertar os detalhes da manifestação que terá caráter pacífico segundo um dos organizadores.

De acordo com o grupo, a ideia inicial é trancar o trevo da entrada da cidade nas proximidades do posto Figueira, bloqueando as vias de acesso a MT 170, que liga Brasnorte até Juína e a BR-174 que liga Juína ao município de Vilhena-RO.

Mato Grosso já conta com 16 pontos de bloqueio, espalhado em toda as regiões do estado, a previsão dos organizadores do movimento em Juína é de que a paralisação que acontecerá nesta quinta-feira (24/05) marcara o 17° ponto de bloqueio no estado.

As regras do movimento seguirão as mesmas adotadas pelo movimento Brasil afora, a passagem de carros pequenos, carros oficiais, ônibus e ambulâncias serão liberados.

Confira os 16 pontos de bloqueio até o momento:

Km 504 da BR-070, em Cuiabá
Km 398 da BR-364, em Cuiabá
Km 200 da BR-364, em Rondonópolis
Km 119 da BR-163, em Rondonópolis
Km 613 da BR-364, em Diamantino
Km 593 da BR-163, em Nova Mutum
Km 276 da BR-070, em Primavera do Leste
Km 282 da BR-070, em Primavera do Leste
Km 383 da BR-070, em Campo Verde
Km 691 da BR-163, em Lucas do Rio Verde
Km 821 da BR-163, em Sinop
Km 288 da BR-174, em Pontes e Lacerda
Km 1.191 da BR-364, em Campos de Júlio
Km 1.120 da BR-364, em Sapezal
Km 488 da BR-174, em Comodoro
Km 05 da BR-070, em Barra do Garças

Fonte: JNAMT

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *