Quarteto suspeito de arrombar banco na Pituba é preso; quadrilha atua em todo o país

Grupo, que é do Mato Grosso, foi localizado em uma casa do bairro de Praia do Flamengo, em Salvador.

Quatro homens suspeitos de integrar quadrilha que arrombou uma agência do Banco do Brasil, na manhã de quinta-feira (14), no bairro da Pituba, em Salvador, foram presos no fim da tarde do mesmo dia. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), eles fazem parte de uma quadrilha que age em todo o país.

Os suspeitos, identificados como Evandro Fernando de França Dias, Alexandre Cosso Meza, Renan Cerilo Silva e Michel Pereira dos Santos, todos naturais do Mato Grosso, foram localizados em uma casa no bairro de Praia do Flamengo.

Com eles, foram apreendidos furadeiras, lixadeiras, martelete profissional, brocas, marreta, talhadeira, discos de corte, luvas, luminárias, um bloqueador de sinais de comunicação, avaliado em aproximadamente R$ 50 mil, e um veículo modelo HB 20.

Segundo o delegado Marcelo Sansão, diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), informou que Michel Pereira dos Santos já possuía mandado de prisão, no Mato Grosso, pela prática de roubos.

Participaram da ação equipes do Draco, da Coordenação de Operações Especiais (COE) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil. Eles já apuravam, há três meses, a atuação dos quatro suspeitos.
Caso

Uma agência do Banco do Brasil foi arrombada na madrugada de segunda-feira (14), no bairro da Pituba, em Salvador. Segundo a SSP-BA, os bandidos não conseguiram levar nada.

O ataque ocorreu por volta da meia-noite, na unidade localizada entre a Avenida Manoel Dias e a Rua Pará.

Conforme a PM, funcionários da empresa de segurança que presta serviço para a agência informaram que uma das câmeras foi mudada de posição e as luzes foram apagadas.

Por meio de nota, o Banco do Brasil informou que a agência atacada não abriu na segunda-feira, e que não há previsão de normalização do atendimento. Conforme o banco, o local passará por uma vistoria da área técnica.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *