Colniza no Jornal Nacional: JN falou da impunidade, da morte do ex-vereador Elpidio e das ameaças ao Promotor.

Globo Mostrou as imagens da perseguição ao Carro do ex-prefeito

Filha do Vando está fora do país

JN falou da impunidade, da morte do ex-vereador Elpidio e das ameaças ao Promotor.

O Jornal Nacional desta quinta-feira, dia 19 de abril de 2018, destacou mais uma vez a violência e a impunidade, que acontece no dia dia dos Moradores da pequena cidade do interior do Estado de Mato Grosso, município este, localizado a aproximadamente 1065 km da capital Cuiabá a Noroeste do estado.

Vejam a Matéria:

Vejam, a situação decadente em que se encontra a cidade, não esconde em nada a cruel realidade. A reportagem destacou a impunidade da chacina de Taquaruçu do Norte, a impunidade os mistérios que envolve a morte do ex-vereador Elpidio da Silva Meira, falou das ameaças ao Promotor de Justiça e a vida de medo e pavor que está vivendo os familiares do Prefeito assassinado Esvandir Antônio Mendes.

Mais impunidades:

Mas o que a Globo deixou de mostrar foi o duplo homicídio que aconteceu em 16 de agosto de 2014, no Distrito de Guariba, Município de Colniza, quando foram assassinados com vários disparos de Arma de fogo Calibre 9mm( Arma de uso exclusivo das Forças Armadas), o Senhor Josias Paulino de Castro, Natural de Mantena/MG, 54 anos de idade(Presidente da ASPRONU – ‘Projeto Filinto Müller) e sua Esposa, Senhora Ireni da Silva Castro, Dona de Casa, Natural de Colatina/ES, 35 anos de Idade. ‘

Senhor Josias Paulino de Castro era o Presidente da Associação ‘ASPRONU’ que lutava pela legalização das terras do ‘Projeto Filinto Müller’, sendo que o mesmo acabou virando alvo dos que queriam extrair ilegalmente as madeiras, alvo de supostos políticos.

Ninguém foi preso outra impunidade

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

One thought on “Colniza no Jornal Nacional: JN falou da impunidade, da morte do ex-vereador Elpidio e das ameaças ao Promotor.

  1. Essa morte do elpideo é muito estranha, deve ter nego grande, peixe graúdo envolvido, por que o ministério público diz q a própria vítima elpideo foi morta e estaria denunciando um vereador que supostamente usava uma empresa de fachada para o mesmo prestar serviços a prefeitura.
    Oque este delegado de Colniza está fazendo, não dá uma resposta a sociedade de Colniza, deve ter gente grande envolvida por não ter ainda resolvido um caso que o ministério público já está dando o rumo a invéstigacao do assassinato do ex vereador elpideo!
    Acho q teria q a secretária de segurança vir a colniza e perguntar ao delegado, o porquê de não resolvem o caso deste assassinato!
    Porque a cidade inteira tá uma fofoca total, sobre quem matou e só o delegado que não dá resposta pra sociedade sobre esse crime de assassinato em Colniza!
    Quem sabe se o delegado tive-se já esclarecido rapido quem matou o elpideo, derrepente não criaria um clima de impunidade em Colniza, porque não acharam quem matou o elpideo e assim talvez não tivessem matado o prefeito Vando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *