Operação integrada evita fuga na penitenciária de Rondonópolis

 Operação integrada evita fuga na penitenciária de Rondonópolis

Equipes de agentes penitenciários realizaram na noite desta segunda-feira (02.04) a Operação Alcatraz na penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis, com revistas minuciosas e correção de avarias, o que evitou uma fuga de presos custodiados no raio 3 da unidade. A operação contou com apoio de profissionais militares da Força Tática do município e da Polícia Judiciária Civil.

De acordo com a direção da penitenciária, investigações apontavam que havia um plano de fuga dos presos e durante todo o período do feriado as equipes foram reforçadas e ficaram em alerta para qualquer movimentação atípica.

Durante a operação, as equipes ocuparam todos os raios, o perímetro interno e externo da unidade prisional. No raio 3, os agentes penitenciários encontraram uma grade cerrada e buracos feitos nas paredes interligando outras três celas. Todos os presos foram retirados para a revista e recolhimento de materiais ilícitos como celulares, carregadores, armas artesanais e drogas.

Foram realizados de imediato os reparos necessários como solda das grades e tapados os buracos feitos nas paredes das celas.

Participaram da operação agentes plantonistas e profissionais que estavam de folga. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fausto Freitas, destaca a pronta resposta dos servidores da penitenciária que, com profissionalismo, atuaram para evitar a ocorrência com apoio das forças de segurança.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *