Dois suspeitos de resgatar preso em clínica em GO são mortos em confronto com a polícia em MT

Homens foram baleados durante confronto com a Polícia Militar de Barra do Garças. Eles resgataram preso levado para atendimento odontológico em Aragarças (GO).

Dois homens foram mortos na noite dessa segunda-feira (19) durante confronto com a Polícia Militar de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. De acordo com a PM, eles faziam parte do grupo criminoso que resgatou um detento em uma clínica odontológica, em Aragarças (GO), na divisa entre os dois estados, na mesma data.
Policiais militares, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e policiais civis montaram campana na região, durante todo o dia, quando por volta de 21h (22h no horário de Brasília), dois suspeitos do crime foram encontrados na zona rural.

A PM informou que eles atiraram contra a polícia, que reagiu.
Baleados, eles foram socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Garças, mas não resistiram aos ferimentos. Os dois ainda não tiveram a identidade confirmada.

Segundo a PM, o preso que foi resgatado e os outros dois integrantes do grupo que fez o resgate estão foragidos. A suspeita é de que eles façam parte de uma facção criminosa. O detento Johnnathan Granja Lopes, de 26 anos, cumpria pena por homicídio, em regime fechado.
O resgate

Segundo a Diretoria Geral de Administração Penitenciária de Goiás (DGAP), três agentes prisionais foram rendidos enquanto faziam a escolta de Johnnathan Granja Lopes, que passava por atendimento odontológico em uma clínica do município.

Na saída do consultório, um carro parou ao lado do carro da polícia e quatro homens, armados com pistolas .40 e espingardas calibre 12, resgataram o preso que estava algemado.
Ainda segundo a dgap, assim que entraram no carro, o reeducando determinou que os comparsas atirassem contra os agentes. Um deles foi atingido no colete a prova de balas e estilhaços acertaram o ombro.
O servidor foi atendido e passa bem. Os criminosos, fugiram em direção a Barra do Garças, onde foram interceptados pela PRF na BR-070, saída para Cuiabá. Houve outra troca de tiros e, de acordo com a PRF, os criminosos abandonaram o veículo e fugiram pela mata.

Jornalista Renato Pantanal

Jornalista e redator

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *