Jornalista Renato Pantanal 11 de Janeiro de 2018

MP denuncia falsa especialidade de médica suspeita em morte de prefeito

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Colniza, denunciará por uso de documento falso e falsidade ideológica a médica Yana Fois Coelho Alvarenga, presa por suposta participação na morte do prefeito de Colniza (1.065 km), Esvandir Antonio Mendes, ocorrida no dia 15 de dezembro de 2017.

Segundo o órgão ministerial, Yana possui um certificado falso da Universidade de São Paulo para exercer a função de pediatra.

A médica é mulher do empresário Antônio Pereira Rodrigues, apontado como mandante do homicídio.

Ela está presa desde o dia 26 de dezembro na Penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Zenilton Xavier de Almeida e Welisson Brito Silva são acusados de compor o grupo criminoso.

O prefeito foi assassinado quando voltava da zona rural do município. Esvandir sofreu perseguição pelos suspeitos que estavam em um SUV de cor preta.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*