Jornalista R. Pantanal 24 de novembro de 2017

Polícia Civil apreende mais de 700 quilos de maconha no Sul de MT

Mais 700 quilos de maconha foi apreendida pela Polícia Judiciária Civil, na noite de quinta-feira (23.11), em Rondonópolis (212 km ao Sul). O carregamento de  750 tabletes grandes da droga, pesando mais de um quilo, cada, abasteceria o tráfico nas cidades de Tangará da Serra (239 km a Médio Norte), Cuiabá e Rondonópolis (212 km ao Sul). Três homens foram presos e um adolescente apreendido.

A investigação foi desenvolvida pelo Núcleo de Inteligência (NI) de Delegacia Regional de Tangará da Serra, e contou com apoio da da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis e das equipes do Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA).

A droga foi encontrada dentro de um veículo e um segundo veículo vinha na frente, fazendo o monitoramento da estrada. Os veículos eram conduzidos por Raian Rany Carrijo, 28, Anderson Junior Alves do Nascimento, 24, e Cristiano da Silva Stati, 23. Os três foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e corrupção de menores.

As investigações iniciaram após a Delegacia de Polícia de Tangará da Serra receber informações sobre um carregamento de entorpecente, que viria da cidade de Dourado (MS), para ser comercializado nas três cidades. Imediatamente, os policiais civis passaram a apurar como seria feito esse transporte, o possível veículo usado pelos traficantes, bem como a identidade dos envolvidos.

Com base nos indícios, a equipe de Tangará da Serra se deslocou até Rondonópolis, e lá com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), montou  vigilância em três rotas do município, uma entre o pedágio e o Distrito de Ouro Branco, outra no pedágio para Itiquira e a terceira pouco à frente.

Por volta das 23 horas de quinta-feira (23), os investigadores avistaram na rodovia da BR 163, cerca de 40 quilômetros do perímetro urbano de Rondonópolis, dois veículos sendo, um Fiat Uno azul e um Renault Sandero branco, em atitudes suspeitas.

Primeiramente, o Fiat Uno foi abordado ao se aproximar do pedágio. O carro era conduzido por Anderson na companhia de Cristiano e do adolescente. Logo atrás vinha o veículo Sandero, conduzido por Rany e estava abarrotado de tabletes de  maconha.

No interior do carro foram encontrados 750 tabletes, acondicionados em todas as partes do carro. Com os suspeitos foram apreendidos aparelhos celulares e mais de R$ 1,2 mil em dinheiro.

Na ocasião também foi percebido que o chassi da placa do Renault Sandero não conferia com a numeração dos vidros. Em consulta, foi constatado se tratar de um produto de roubo,  ocorrido no dia 14 de novembro em Cuiabá.

Os quatro envolvidos foram detidos e junto com o carregamento conduzidos à Derf  Rondonópolis. Eles foram interrogados pelo delegado de polícia Gustavo Colognesi Belao e autuados em flagrante nos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.
Conforme o delegado de polícia de Tangará da Serra, Nelder Martins Pereira, as investigações continuam para identificar outros envolvidos com o grupo. “Se no decorrer das diligências ficar comprovado que os jovens presos são recrutados por facções criminosas para cometerem crimes, eles também serão indiciados por organização criminosa”, destacou.

O delegado também ressaltou que o sucesso do trabalho é reflexo do compromisso e dedicação das equipes de policiais civis, que não mediram esforços e empenho para efetuar a interceptação do carregamento. “Com apoio essencial do delegado regional de Tangará da Serra, Alexandre Morais Franco, e do delegado regional de Rondonópolis, Claudinei Souza Lopes”, agradeceu Nelder Martins Pereira.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*