Jornalista R. Pantanal 4 de setembro de 2017

Polícia Civil prende mandante e assassinos de jardineiro em Juína (Fotos)

O serviço de inteligência da Polícia Judiciária Civil de Juína – MT deu uma resposta rápida à sociedade elucidando um assassinato, que ocorreu na manhã de ontem tendo como vítima, o jardineiro, Odálio Santos da Silva, 46. Mandante e assassinos foram presos.

Dário como era conhecido sofreu uma emboscada ao ir até um local pacato e com poucas moradias no setor Industrial, aos fundos da empresa Café Juína. Ele recebeu uma ligação de uma mulher para prestar limpeza de terreno no dia anterior ao crime.

Ao chegar ao local combinado, Dário foi surpreendido por dois rapazes numa moto que se aproximaram e atiraram.

Diante das informações, investigadores iniciaram as diligencias que perdurou toda a sexta-feira (01) e inicio da madrugada deste sábado (02), e tiveram êxito em prender os envolvidos e apreender uma das armas utilizada no crime, um revolver calibre 38.

Em Juína – Primeiro foi presa Jocimara Baltazar de Moraes, 21, foi ela que atraiu a vítima até o local do crime, depois o cunhado dela Mailson José de Souza, 29, e por ultimo numa propriedade rural sentido Castanheira, seu esposo Samuel Alves dos Santos, 24, que portava um revolver calibre 38.

Mailson iria receber R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), para fazer o “serviço”, ele pilotou a motocicleta Titan de cor vermelha e Samuel efetuou os disparos.

Segundo a Polícia Civil, a morte do jardineiro foi encomendado por Pedro Junior Siara, 46. Os motivos para a “encomenda” é que a vítima teria “assediado” a filha dele, no entanto, as investigações ainda estão no inicio e tudo será devidamente esclarecido.

No momento em que foi preso, Samuel que é foragido de Colniza, onde cometeu outro homicídio confessou que junto com Mailson e sua esposa arquitetaram e perpetraram a execução de Odálio.

Em Colniza – Pedro foi preso também na manhã de hoje por investigadores da delegacia de Colniza, ele não reagiu à prisão e foi conduzido a delegacia.

Os quatro presos serão autuados em flagrante por crime de homicídio, bem como outras qualificadoras.

O PANTANAL ONLINE/JUINA NEWS

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*